Em dia decisivo para Jair Bolsonaro, Rodrigo Tudor que está em Brasília, faz mapa astral do ex-presidente

Sensitivo afirma que momento atual do ex-presidente é tenso

O dia é importante e as atenções estão voltadas para Brasília. A pauta do dia está concentrada na capital do país e o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) começa a analisar nesta quinta-feira (22), a ação que pode deixar o ex- presidente Jair Bolsonaro (PL) inelegível. A perspectiva é que o julgamento se encerre na próxima quinta-feira (29). Rodrigo Tudor está em Brasília e acompanha de perto todo esse processo. O sensitivo que mais uma vez faz seus atendimentos no Palácio do Planalto, atendeu ao pedido desta coluna com exclusividade e fez o mapa astral do ex-presidente. 

O PDT acusa Bolsonaro de ter cometido abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação na reunião na qual ele apresentou mentiras sobre as urnas eletrônicas a embaixadores em julho do ano passado, no Palácio da Alvorada. Segundo Rodrigo Tudor, que tramita livremente no Palácio e presta atendimento para as maiores autoridades do país, nada será resolvido hoje. 

“O mapa astral de Jair Bolsonaro mostra um período de muitos conflitos, negatividade e uma fase de extrema turbulência, muito crítica. É indiscutivelmente uma das piores fases do ex-presidente. O mapa astral dá como certa a cassação”. Se for declarado inelegível pelo TSE, Bolsonaro, 68, não poderá disputar eleições por oito anos, prazo que conta a partir da eleição de 2022.

Tudor também explica que posteriormente o ex-presidente poderá recorrer. “Embora o momento seja tenso e delicado, aqui em Brasília e em contato direto com muitos políticos o “Bolsonarismo” está mais forte do que nunca. O ex-presidente tem muitos aliados e um nome indicado por ele na política será eleito em qualquer cenário. O mapa astral revela e fortalece esse “cenário astral” que tem seu lado positivo. A turbulência pessoal de Bolsonaro não se reflete em quem ele venha a apoiar. A força ainda é muito presente”. 

Rodrigo finaliza: “Eu acredito na oração, oriento o ex-presidente a buscar força na fé. O mapa mostra uma cassação eminente, mas também mostra que essa situação pode ser adiada e não haverá um decisão tão imediata. O mapa leva a crer na cassação dos direitos políticos”. 

Em Brasília, Rodrigo faz novamente dezenas de atendimentos e alguns se destacam, como o encontro com o amigo Pedro Rousseff, sobrinho-neto de Dilma Rousseff, que segundo Tudor, é uma das maiores promessas políticas do país. “Meu encontro com Pedro foi ótimo, ele é um amigo e seu futuro na política é muito positivo e promissor, inclusive em Minas Gerais”. 

Outros encontros também chamam a atenção. Com o Senador Carlos Viana e a deputada Duda Salabert. 

Rodrigo Tudor segue com sua agenda de atendimentos em Brasília e com muita lisura e discrição, analisa o cenário político atual com muitas ressalvas, cuidado e credibilidade. “É importante estar ‘in loco’ quando todas as atenções estão voltadas para a capital do país e meus atendimentos sempre servem de auxílio e orientação para amigos do cenário político e autoridades da nação. Vivemos um período político de desafios, cautela, momentos de euforia e depressão”.


Fonte: https://observatoriodosfamosos.uol.com.br/colunas/cintia-lima/em-dia-decisivo-para-jair-bolsonaro-rodrigo-tudor-que-esta-em-brasilia-faz-mapa-astral-do-ex-presidente