Rodrigo Tudor prevê que 2023 será de ‘perdas coletivas’

Previsão aconteceu durante entrevista à jornalista Patrícia Diou no podcast “Leve” 

O astrólogo e sensitivo Rodrigo Tudor disse que, 2023, será de “perdas coletivas”, ao mesmo tempo que será um ano de renascimento e mudanças. A previsão, que rapidamente ganhou as redes sociais, foi feita nesta segunda-feira (17) durante entrevista à jornalista Patrícia Diou ao podcast “Leve.”

“Este ano será um ano de limpeza e mudança. Mas, teremos muitas perdas. Haverá uma limpeza no universo”, diz Tudor que completou que haverá perdas, também, na classe artística, sem citar nomes.

Rodrigo Tudor é conhecido nacionalmente como espiritualista e sensitivo. Ele orienta artistas, políticos e personalidades internacionais, através das previsões.

Durante quase uma hora de programa, Tudor contou sobre a infância, a vida adulta e, principalmente, sobre a sensibilidade.

“Eu sempre peço à Deus para não me mandar mensagens ruins não, porque temos que ser profetas de coisas boas”, conta Rodrigo ao relembrar sobre as primeiras previsões ainda na infância, aos 7 anos de idade.

Sobre a economia, no Brasil, Rodrigo disse que não vê um ano de economia ruim para o país.

“Será um ano de muita mudança, muita coisa nova. Não vi um ano quebrado para o país. Será um ano de vitórias, mas para quem trabalha e é honesto.”